Online

Uma casa com os doces que a vovó sabia fazer

Fura-Bolo Doceria, aberta há um mês em Londrina, oferece delícias açucaradas que fazem a gente lembrar a infância

16/04/2010 | 00:00 Paulo Briguet

Fura-bolo é o apelido que as crianças deram ao dedo indicador. Nome engraçado que faz a gente recordar antigas traquinagens em festinhas de aniversário. Fura-bolo é também o nome da mais nova doceria de Londrina, que abriu as portas no início de março, e traz na receita várias coisas que remontam às alegrias da infância: bolo, doce, torta, festa, amizade e família.

O clima de infância começa pela decoração do local, com móveis de madeira e detalhes coloridos. Parece uma casa de brinquedo. Mas é no cardápio que estão as melhores surpresas.

“Aqui nós oferecemos os doces mais simples, aqueles que a gente comia quando visitava a casa da avó”, diz Ana Forte, uma das quatro sócias da Fura-Bolo Doceria. “Cansei de encontrar por aí doces lindos, mas que parecem industrializados. Nosso estilo é outro.”

O estilo caseiro vem das receitas e do talento culinário de Cristina Forte, mãe de Ana e também sócia da doceria. Das mãos de Cristina e suas ajudantes, saem delícias tradicionais como brigadeiro tradicional (R$ 3 a unidade), brigadeiro surpresa (R$ 3,50), brigadeiro chumbinho (R$ 3,00), brigadeiro branco (R$ 3), beijinho de nozes (R$ 3,50), beijinho com uva (R$ 3,50), arroz doce no copinho (R$ 3,80), torta de banana (R$ 42 por quilo), torta de maçã (R$ 42), bolo de laranja (R$ 39), bolo nega maluca (R$ 39), bolo formigueiro (R$ 42), bolo de fubá molhadinho (R$ 42) e pudim de clara (R$ 46).

“Alguns desses doces as pessoas costumavam fazer em casa, mas hoje em dia o tempo é mais curto”, dia Ana Carolina Forte, que antes de abrir a Fura-Bolo vivia procurando um bom brigadeiro e só encontrava em casa ou na doceria de uma tia em São Paulo. “Londrina estava precisando de um lugar com esses doces mais caseiros, mais gostosos.”

O carro-chefe da casa, neste primeiro mês de funcionamento, tem sido o bolo surpresa, com massa de bem-casado, brigadeiro branco, brigadeiro preto, crocante e farofa doce. O quilo sai por R$ 38,50. A reportagem do JL experimentou um pedaço – e realmente é uma delicia, dessas de interromper qualquer dieta. Outro bolo bem cotado na casa é o mil folhas, com massa folheada e creme branco (R$ 48), menos doce, mas também muito gostoso.

O cardápio da Fura-Bolo tem ainda opções como o bolo de iogurte com creme de limão (R$ 42), a torta de Nutella (R$ 54) e o bolo crespo de morango (com suspiro e chantilly – R$ R$ 50). Tudo isso em um ambiente agradável e aconchegante, com mesinhas perfeitas para um bate-papo à tarde. A localização é estratégica: perto das lojas da Rua Belo Horizonte, conhecida como a “Oscar Freire de Londrina”.

Serviço – Fura-Bolo Doceria. Rua Pio XII, 566 (quase esquina com a Belo Horizonte). Fone: (43) 3026-2700. Aberto de segunda a sábado, das 11 às 19 horas.


Doceria também atende encomendas para eventos

Ana Carolina Forte se uniu às sócias Cristina Forte, Tereza Meneghel e Adriana Meneghel com o objetivo de adoçar as tardes de Londrina. Mas não apenas isso: a Fura-Bolo Doceria também se propõe a atender encomendas para festas, confraternizações e eventos em geral. “Queremos dar esse toque caseiro também nas celebrações”, diz Ana.

A fonte de inspiração para criar a Fura-Bolo veio de uma tia paulistana, que criou a Doceria Brigadeiro, no bairro Alto de Pinheiros. Com uma proposta parecida, a casa fez tanto sucesso que ampliou o espaço original e agora pode virar franquia. Os doces do passado, pelo jeito, têm futuro.

Fale com o repórter

Leia também
Últimas Notícias rss
20:26Campanha Dilma está há um mês fora do Pa...
20:24Pesquisa Dilma tem vantagem numérica pel...
20:08LatrocínioPolícia identifica suspeito de...
19:47biometriaParaná repara vinte urnas eletr...
19:39PesquisaDatafolha: avaliação boa ou ótim...
19:36prestação de contasTCE condena consórcio...
19:362ª Guerra MundialEx-nazistas recebem ben...
19:33CâmaraProjeto veda utilidade pública a i...
19:23NordesteTremores atingem costas do Ceará...
19:20chuvasSobe para 13 o número de cidades a...