Online

Fórum Eleitoral de Londrina prevê 2 mil atendimentos hoje

No último dia para fazer o título de eleitor ou pedir transferência do local de votação, o atendimento será das 9 às 18 horas

09/05/2012 | 00:02 Erika Pelegrino

Hoje é o último dia para transferência e retirada do primeiro título de eleitor, obrigatória às pessoas que completam 18 anos até o dia 31 de dezembro. Aqueles que deixaram o compromisso para última hora estão amargando algumas horas na fila. Ontem, no penúltimo dia do prazo, mais de 1.000 pessoas procuraram o Fórum Eleitoral de Londrina. Hiago Felipe, 18 anos, ficou duas horas e meia na fila.

Sebastiana Damasceno, 65 anos, levou um sustou quando viu o tamanho da fila com mais de 300 pessoas no começo da tarde e foi embora. Disse que voltaria hoje. Ela acredita que a fila será menor, mas o chefe da Central de Atendimento do Fórum Eleitoral, Ronaldo Ishiki prevê mais de 2 mil atendimentos hoje.

O policial militar subtenente Valter, que fazia a segurança no local, disse que em apenas uma hora a fila saltou de 15 pessoas para mais de 300, ontem. Para dar conta de tanta procura, todos os funcionários do Fórum Eleitoral estavam trabalhando na Central de Atendimento - no total, 28 pessoas.

Segundo Ishiki, no sábado e no domingo foram atendidas em média 500 pessoas por dia; na segunda-feira o movimento dobrou. “Hoje [ontem] vamos passar de mil e amanhã [hoje] devemos chegar a 2 mil”, disse. Hiago Felipe que chegou à fila às 12h30 e foi atendido pouco mais de 15 horas para fazer o primeiro título de eleitor disse que não sabia que a multa, caso não fizesse, é de apenas R$ 3,50. “Se soubesse não tinha ficado aqui não.” Ele afirma que deixou para última hora porque trabalha e não tinha tempo para tirar o título.

Sebastiana Damasceno afirma que ficou sabendo apenas anteontem sobre o prazo final para transferir o documento de Florestópolis para Londrina. “A notícia não chega rápido para todo mundo não”, disse. Ela mora no Jardim Maracanã, zona oeste. A doméstica Maria Lúcia Magalhães, 48 anos, estava 40 minutos na fila para fazer a transferência do título de Tamarana para Londrina. Ela mora há oito anos em Londrina, mas resolveu fazer a transferência só este ano. “É sempre bom votar onde a gente mora, e depois lá em Tamarana eu voto em sítio. É muito longe, quando chove é muito ruim, são 28 quilômetros de chão.”

Os amigos Jhonatan Marques, 16 anos, e David da Silva, 17 anos, enfrentaram a fila para tirar o primeiro título de eleitor. “Sempre tive curiosidade em votar”, diz Jhonatan. Já David faz 18 anos este ano, por isso estava tirando o título.

Mesmo sem serem obrigados a votar, 81 indígenas da Aldeia Água Branca (Reserva do Apucaraninha) também compareceram ao Fórum Eleitoral. “Alguns vieram tirar segunda via, outros fazer transferência e outros tirar o primeiro título”, disse o vice-presidente da associação da aldeia, Jeremias Campolm. “Hoje a gente acha muito importante votar para ter ajuda para a aldeia.”

Para o último dia, o expediente do Cartório Eleitoral foi ampliado e será das 9 às 18 horas. O telefone para casos de dúvida é o 148.

Leia também
Últimas Notícias rss
22:26fauna no futebolImagens: quero-quero atr...
21:59brasileiroMarcos Guilherme comemora a vo...
21:56PetrobrasCPI vai investigar susposta fra...
21:55MemóriaJustiça libera acesso da CNV a do...
21:54PerdaSociólogo Luciano Martins morre aos...
21:45OttawaHomem que atirou em soldado no Par...
21:43Campanha Conselheiro do TCE-MG rebate fa...
21:37PropagandaNa TV, Marina defende Aécio; D...
21:29BrasileiroAtlético joga fechado e vence ...
21:25Campanha Ato de apoio a Aécio com FHC e ...