Online

Walter Alves/Gazeta do Povo

 Walter Alves/Gazeta do Povo / O pescador Marcos Antônio Paiva da Silva e sua família diante do mar de conchas em sua parede O pescador Marcos Antônio Paiva da Silva e sua família diante do mar de conchas em sua parede

Um pedaço da praia dentro de casa

Tons de areia, paisagens marinhas e aplicação de conchas nas paredes e em objetos podem dar nova vida à decoração

12/03/2011 | 00:01 Rodrigo Batista, especial para a Gazeta do Povo

Antonio More/Gazeta do Povo

Antonio More/Gazeta do Povo / Para Gisele de Mattos Leão, o fundo do mar é um bom tema para decorar Ampliar imagem

Para Gisele de Mattos Leão, o fundo do mar é um bom tema para decorar

Faça você mesmo

O designer de interiores Roberto Amaral e o arquiteto Fabrício Fontolan dão dicas de como usar elementos marinhos na decoração da casa de praia e da cidade:

- Cores claras são a cara do verão. Por isso, os ambientes internos podem ser compostos com tonalidades que tenham a ver com sol e areia.

- Criar painéis repetindo elementos pode ser uma boa. Dá para criar desenhos, espalhar em pequenos grupos ou recobrir áreas inteiras.

- Outra opção é criar móbiles, decorar caixas e porta-retratos com conchas inteiras ou retalhos.

- A decoração do espaço precisa harmonizar com seu uso. Ambientes sociais e quartos de adolescentes pedem cores mais fortes, com conchas grandes que de destaquem no cômodo. Áreas mais íntimas pedem decoração e tons mais relaxantes.

Se você ficar com saudades da temporada de férias, pode carregar para dentro de casa um pouquinho do mar. E um dos elementos mais mais fáceis de serem trabalhados na decoração é a concha. Elas podem ser colocadas em potes de vidro, em fundos de mesa ou fazer parte de um grande painel, como fez o pescador Marcos Antônio Paiva da Silva.

Ele mora no balneário de Shangri-lá, em Pontal do Paraná, e há sete anos se dedica a enfeitar sua casa com conchas. Um mar delas – aproximadamente sete mil – recobre a fachada. “Uso conchas de cores e espécies diferentes para destacar o desenho”, explica. Mas o pescador toma cuidado na hora da escolha. “Pego as conchas que não sejam cortantes, para evitar acidentes.” O designer de interiores Roberto Amaral da Cunha afirma que a cobertura de uma parede inteira torna o ambiente ainda mais convidativo e é uma boa solução para decorar as casas de veraneio.

Figurativo

Para cada cômodo da casa, um tipo de quadro. Esta foi a solução encontrada pela artista plástica Giselle de Mattos Leão para a casa ficar com cara de verão, sem deixar de lado o gosto de cada um. Ela faz quadros em alto relevo que mostram o fundo do mar, bem coloridos e com a aplicação de elementos vindos da praia, como conchas.

Massa de modelagem para artesanato, variedades de tinta e algumas conchas são suficientes para fazer um pedaço do mar dentro de casa. “Basta moldar os elementos do fundo do mar com a massa e usá-la para fixar as conchas.” Mas a artista plástica alerta que o trabalho exige cuidados. “A tela precisa ser resistente para que as conchas não quebrem o quadro. E é preciso escolher as cores certas das peças para combinar com a tinta da tela”, explica.

Dentro da lei

Antes de catar conchas napraia, saiba que há uma legislação de crimes ambientais que proíbe a extração de conchas com moluscos da praia. Só estão liberadas para uso em decoração as conchas vazias. Estrelas do mar e outros equinodermos estão vetados e sua extração é considerada caça – o que figura como crime.

Leia também
Últimas Notícias rss
00:19visuaisNeusi Berbel expõe na Biblioteca ...
00:11LibertadoresBolívar empata com León e é ...
00:02Copa do BrasilTencati prega cautela cont...
00:02CiclismoProva internacional volta a Lond...
00:02apartePrefeito veta projeto que obrigari...
00:02ConsumidorCódigo de Defesa do Consumidor...
00:02CartasCopa do Mundo vai mostrar que é me...
00:02homenagemEletricista, Tetê ensinou a pro...
00:02agendaDepartamento de Ciências Sociais d...
00:01TEMA DO DIAVocê acha que as casas popula...