Acesso ao sistema

Esqueceu sua senha? Clique aqui

Ainda não é cadastrado?

Após cadastrado, o CPF não pode ser alterado.
Digite uma nova senha:

_Vestibular 2009 |

preparao

Confira os gneros de redao da UFPR e detone na prova!

Conhea as caractersticas de algumas tipologias textuais que podem cair no vestibular da Universidade Federal do Paran

  • Marcela Campos
  • 11/10/2010 00:04

O Vestibular trouxe na segunda-feira passada uma srie de dicas para a redao do Exame Nacional do Ensino Mdio (Enem). Desta vez o foco a prova de Compreenso e Produo de Textos da Universidade Federal do Paran (UFPR), que representa um outro mundo, completamente diferente da prova do MEC, nas palavras do professor de Redao Marlus Geronasso, coordenador do Programa Eureka, da TV Paran Educativa.

A prova de redao da UFPR , na verdade, uma prova de redaes. O candidato precisa elaborar diferentes gneros textuais, como carta, texto opinativo, resumo e progresso textual. Geralmente h uma surpresa, uma tipologia curiosa que h muito tempo no aparecia nas provas. No ltimo vestibular, por exemplo, a universidade pediu que o candidato redigisse uma narrativa a partir de uma fbula. A UFPR publicou mais de 17 tipologias diferentes at hoje. E sempre tem um segredo. Por outro lado, h gneros que sempre aparecem, como o resumo e a transposio, afirma Geronasso.

A professora de Produo de Textos do Colgio Bom Jesus Cleuza Cecato explica que a prova tem cinco textos curtos e o estudante tem quatro horas e meia para redigi-los. O tamanho da redao varia conforme o gnero proposto. Normalmente o enunciado traz o nmero mnimo e o nmero mximo de linhas, por isso importante ler os comandos com ateno. Isso no significa, porm, que a extenso do texto ser levada a ferro e fogo pelos corretores. Uma diferena de uma linha ou duas no problema. Mas se a questo pede dez linhas e o candidato escreve duas, ele pode ser penalizado, alerta a professora Iara Bemquerer Costa, coordenadora de rea do Ncleo de Concursos da UFPR.

Dizer que no se deve usar a primeira pessoa do discurso, especialmente no texto opinativo, tambm um mito, explica Iara. De acordo com ela, tudo depende do tipo de questo. Se o estudante est dando continuidade a um texto e esse texto est em terceira pessoa, ele deve escrever em terceira pessoa. Na transposio, as palavras dos outros tambm devem ser citadas em terceira pessoa. Por outro lado, se o candidato est escrevendo uma carta ou dando uma opinio, perfeitamente normal usar a primeira pessoa, explica. Para Marlus, o estudante deve apenas evitar o uso exagerado do pronome eu. O uso de verbos flexionados em primeira pessoa, como defendo ou discordo, suficiente, explica.

Ainda segundo ele, enquanto na redao do Enem nada impede que o aluno empregue palavras em sentido figurado, na UFPR importante evitar abstraes. Como os textos so muito curtos, o candidato deve ser o mais direto possvel, tomando as palavras em seu significado usual. Quanto ao ttulo, o aluno s deve coloc-lo se ele for exigido pelo enunciado.

Nesta pgina voc encontra um link com cinco sugestes de redao, feitas pela professora Cleuza Cecato e Luiz Fernando Mazzarotto, do Bom Jesus, especialmente para o Vestibular da Gazeta do Povo. Escolha uma delas e mande sue texto para vestibular@gazetadopovo.com.br. As redaes selecionadas sero corrigidas e publicadas no site. Participe!

Rasuras

preciso ser cuidadoso na hora de passar a redao a limpo. Caso voc cometa um erro, use corretivo ou passe um trao simples sobre a palavra e siga em frente. Se voc escrever a resposta de uma questo no espao de outra, basta indicar o nmero correto do texto que redigiu.

Charges

A prova de redao da UFPR tambm pode pedir que o aluno interprete charges e tiras ou grficos. Para saber mais sobre o assunto, leia as matrias que o Vestibular publicou no dia 7 de junho e na semana passada.

Internet

No site do Ncleo de Concursos da UFPR possvel acessar as provas dos ltimos oito anos. L voc tambm encontra os critrios de correo de cada redao do ltimo vestibular.

Letra

Alm de expor suas ideias de forma clara e concisa, no se esquea de caprichar na letra. Releia a matria que foi publicada sobre esse assunto.

Abrir comentrios