Acesso ao sistema

Esqueceu sua senha? Clique aqui

Ainda não é cadastrado?

Após cadastrado, o CPF não pode ser alterado.
Digite uma nova senha:

Mundo |

Ataques

Jornalista da AFP é gravemente ferido no Iraque

Marwan Ibrahim cobria uma série de atentados com carros-bomba na cidade petroleira de Kirkuk, norte do país

  • AFP
  • 14/06/2012 11:35

Um jornalista da AFP, Marwan Ibrahim, ficou gravemente ferido nesta quarta-feira quando cobria uma série de atentados com carros-bomba na cidade petroleira de Kirkuk, norte do país.

Marwan Ibrahim, 34 anos, repórter e fotógrafo da AFP nesta localidade desde 2003, seguiu para o noroeste de Kirkuk, local do primeiro atentado registrado nesta quarta-feira.

"Depois de ter terminado, decidi ir para o outro lugar, ao nordeste da cidade, onde havia acontecido outro atentado minutos depois", explicou o jornalista.

"Estava no carro do meu sogro, que é general da polícia, para poder passar mais rápido pelos controles de segurança. Quando passamos, explodiu outro carro-bomba. O impacto foi terrível. Todos os vidros explodiram e nosso veículo começou a pegar fogo", disse.

O sogro de Ibrahim e o motorista ficaram feridos e o jornalista sofreu contusões e queimaduras em várias partes do corpo, incluindo a cabeça, e a explosão provocou um problema de audição no ouvido direito.

O jornalista foi internado em um hospital de Kirkuk, mas será transferido para Amã nas próximas horas.

Uma onda de atentados sacudiu nesta quarta-feira várias cidades iraquianas, com um um balanço de 59 mortos e mais de 200 feridos.

Abrir comentários