Acesso ao sistema

Esqueceu sua senha? Clique aqui

Ainda não é cadastrado?

Após cadastrado, o CPF não pode ser alterado.
Digite uma nova senha:

Cidades |

Serviço

Polícia Federal começa a emitir novo passaporte em Londrina

Mais seguro e à prova de falsificações, novo modelo do documento leva um chip eletrônico com informações do usuário

  • Jornal de Londrina, com informações da RPC TV
  • 13/02/2011 18:07

Mais seguro e à prova de falsificações, o novo modelo do passaporte brasileiro já é emitido na Delegacia da Polícia Federal (PF) de Londrina. A aparência do documento mudou pouco. O destaque é um símbolo na capa indicando que possui o passaporte um chip eletrônico. As informações são do telejornal Paraná TV 2ª Edição , da RPC TV Londrina.

O chip permite que as autoridades tenham livre acesso a todos os dados dos usuários. É a mesma tecnologia utilizada em países da Europa, além de Estados Unidos e Japão.

De acordo com o delegado da PF, Cléo Mazzoti, o passaporte antigo era muito fácil de ser falsificado ou adulterado. “Isso causava um certo constrangimento ao brasileiro nos aeroportos internacionais, porque ele ficava mais tempo na fila”, disse Mazzoti, em entrevista à RPC TV Londrina.

O delegado garantiu que o novo modelo de passaporte é mais seguro e praticamente impossível de ser falsificado. “O Brasil entra na vanguarda dos passaportes internacionais”, afirmou. O setor de passaportes da delegacia de Londrina atende cerca de 80 pessoas diariamente.

Quem já possui o documento antigo poderá usá-lo até a data de validade, que é de cinco anos. Mas, se preferir emitir outro passaporte no novo modelo, pode fazer a troca - para isso, terá que realizar todos os procedimentos novamente.

O requerimento para solicitação do passaporte pode ser feito pela internet. A fotografia e a coleta de digitais são feitas na hora. O documento demora em média 5 dias úteis para ficar pronto.

Abrir comentários